Pipoca Doce


Junho chegou e este mês combina muito com pipoca!
Para receber este mês que eu adooorooo, já coloquei as minhas bandeirinhas na porta e aumentei o estoque de pipoca em casa.
Eu sei que pipoca salgada todo mundo sabe fazer, mas pipoca doce não é todo mundo que sabe. Por isso, resolvi dar as dicas aqui.
Vamos lá:

É essencial ter um pipoqueira, caso contrário, você não vai conseguir mexer, os grãos vão queimar e a pipoca amargar (até rimou).
Os ingredientes são simples, mas devem ser medidos sempre na mesma quantidade, com exceção do óleo.

01 medida* de milho para pipoca
01 medida de água
01 medida de açúcar
1/2 medida de óleo
corante alimentício (opcional)
* para medir eu uso uma xícara de café, que rende uma pipoqueira quase cheia.

Esta receita é de família, eu a faço desde criança, mas há pouco tempo diminuí, por conta própria, a quantidade de óleo, pois hoje há uma grande preocupação com a saúde e antigamente não se pensava muito nisso, e minha mãe enchia a nossa pipoca de óleo. (Pausa para lembrança: lembro que o meu pai fazia pipoca salgada, depois derretia manteiga e jogava por cima _ hummm)

 Coloque todos os ingredientes no fogo e mexa com uma colher de pau, até os líquidos secarem e o milho começar a estourar. Demora um pouco, mas tenha paciência porque vai ficar uma delícia. Quando começar a estourar, tampe a panela e continue a mexe, sem parar, e abaixe o fogo para não queimar o açúcar. Esta etapa é importante para caramelar toda a pipoca.

 Quando parar de estourar, desligue o fogo e retire da panela. Coloque numa vasilha e espere esfriar, se puder.


Pronto, sua pipoca doce caramelada esta prontinha para ser devorada.

Ps. você pode ver a pipoca doce com corante aqui e as bandeirinhas aqui.
bjk.


4 comentários:

Postar um comentário

Gostou? Não gostou? Comente!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Visualizações

Arquivo

Categorias