Espelho, espelho meu

Nota: A título de esclarecimento: 
Às vezes eu dou uma sumida daqui... fico sem fazer publicações, mas eu tento cumprir à risca a proposta do blog, ou seja, publicar aquilo que eu sei fazer... Mas espera, isso também não significa que eu não esteja fazendo nada, pelo contrário, tô apurada. Faço tanta coisa e tão rápido que tenho esquecido de fotografar algumas das minhas "artes", até tenho bastante coisa pra mostrar, só preciso me organizar.

Durante sete ou oito anos, quando eu ainda morava em outra cidade, eu mantive num banheiro aos fundos de minha casa um espelho de gesso marrom e dourado, nem ligava pra ele, na verdade, não ligava para o banheiro inteiro. O tal espelho pertencia à avó do meu marido. Certo dia, quando eu já não morava mais lá e a casa estava vazia, fui alertada por uma tia que aquele espelho tinha potencialidade.
Trouxe o espelho comigo e mandei restaurar, paguei uma pequena fortuna pra tirar a tinta óleo e deixá-lo branco provençal, mas eu estava grávida e ninguém podia me contrariar (!!!)
Acontece que três anos depois o espelho encardiu e desta vez eu mesma coloquei a mão na massa, e confesso, foi "facim".


Meu espelho era parecido com este. A imagem acima não pertence a mim (vocês acham que eu ia ter foto de um espelho que achava feio), eu a consegui na internet (google). Quem souber a autoria, me avisa que eu coloco os créditos. 

 Depois de restaurado e já encardido. Mantive o espelho original. 

Abaixo, o espelho já novinho, e branquinho de novo.

 Foi a estrela da decoração da festa de aniversário da Aimê.

Hoje voltou pro seu lugar de costume.

  

8 comentários:

Postar um comentário

Gostou? Não gostou? Comente!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Visualizações

Arquivo

Categorias