Madeira de demolição à minha moda

Sempre fui apaixonada por madeira de demolição, mesmo antes dela ser tão valorizada e custar tão caro como agora. Há alguns anos, era fácil ganhar uma tábua, as pessoas agradeciam se você recolhesse os restos de madeira da casa demolida, hoje, a madeira de demolição, muito usada na fabricação de móveis rústicos, está a preço de ouro e já ouvi falar que, aqui na minha região, na zona rural, estão ocorrendo furtos desse tipo de madeira, a família sai para trabalhar e quando volta só encontra o esqueleto da casa. Abaixo segue algumas imagens, capturadas no Google de bancos feitos de madeira de demolição:


Como eu nunca tive coragem oportunidade de comprar nada, resolvi eu mesma transformar um banquinho simples em "um banco de madeira de demolição". Eu achei este banco abandonado, literalmente, ao relento na loja do meu sogro. Quando o vi, não exitei, fui logo pedindo e colocando no porta malas do carro. Ninguém entendeu o que ia fazer com aquele banco velho. Pelos meus cálculos, o banco deve ter uns 40 anos de idade e foi muito judiado (maltratado). Originalmente ele era pintado de branco, mas a tinta já estava descascando e havia muitas marcas na base.
Para iniciar a transformação, passei duas demãos de removedor de tinta em gel (Striptizi), lixei muito e muito com todas as gramaturas de lixas possíveis, limpei com Tinner e depois passei seladora e cera. Segui as dicas da Sandra Guadagnin, do blog Madeira em Forma,  nesta postagem aqui. E o resultado foi este, olha só o que eu sei fazer:

 Tem todas as características de um móvel de madeira de demolição: restos de tinta, marcas de prego, marcas do tempo.
Antes

Depois

Esta foto eu coloquei só para mostrar o brilho. Eu gostaria  que cada um pudesse tocá-lo, para poder sentir a textura aveludada, sinal de muita força no braço para lixar e lustrar.  
Ainda pretendo fazer um futon para cobrir as marcas que eu não consegui tirar. O banquinho eu deixei próximo à entrada principal de minha casa, para, quem for capaz, apreciá-lo. Digo "capaz", porque ontem uma amiga perguntou o que eu ia fazer com este banquinho, e eu disse: nada já está pronto...

E aí, ficou ou não uma graça?

11 comentários:

Postar um comentário

Gostou? Não gostou? Comente!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Visualizações

Arquivo

Categorias