Reutilizando vidros de conseva


Estes vidros decorados que você vê aí, já foram um dia um vidro de suco de tomate, palmito, doce de leite e de geleia. Agora vão servir para guardar outras coisinhas e também para enfeitar a minha cozinha. Com várias inspirações na internet de como reutilizar os vidros que a gente compra com conservas, eu não poderia ficar de fora e fui logo personalizando os meus vidrinhos:
 Colei etiquetas adesivas em vinil preto, para escrever com giz e identificar o conteúdo. Estas etiquetas eu comprei, já prontinhas, no site aliexpress e paguei uma pechincha.


Nas tampas, eu fiz decoupagem com guardanapo de papel listrado, xadrezinho e floral. Na falta de papel, você pode apenas pintar e envernizar as tampas, também dá nova cara ao vidrinho.
A Michelle Hernandez, do blog Decoração e Invenção fez uns vidros lindos e mostrou aqui.
O que você faz com os vidros aí na sua casa?

Barrinha de cereais caseira

Sábado à tarde em casa... chuva... e um monte de "restinhos" no armário e na geladeira, então vamos inventar alguma coisa!  Tinha granola, cereais de trigo, aveia, chia, castanhas, goji berry, ameixa seca, glucose de milho (Karo) e margarina.  Juntei tudo, sem medida, e fiz barrinhas de cereais.
Obs. Reparou que são restinhos de saudáveis? Pois é, até que eu tento manter uma alimentação saudável (mas só lembrando, neste mesmo dia eu fiz um bolo de chocolate com cobertura de brigadeiro).
"restinhos" dos ingredientes

Usei a glucose de milho, mas poderia ser mel também.
 Derreti a manteiga e misturei com todos os demais ingredientes até ficarem bem úmidos.
 Coloquei num refratário e apertei bem para ficar compactado.  Levei ao forno médio por aproximadamente trinta minutos.
Depois de frio cortei em pedaços e guardei em vasilha com tampa hermética. Caso queira , embrulhe cada pedaço em papel alumínio ou papel manteiga.

Janela de demolição na decoração


As janelas de demolição estão sendo empregadas como móveis ou como objetos de decoração e eu venho ensaiando usar uma há algum tempo, inclusive, eu tinha três delas em casa e não sabia o que fazer, mas no dia do meu aniversário eu ganhei mais duas (risos), verdade e chegaram até com laços de presente. Então resolvi por a mão na massa.
Comecei retirando os vidros e a massa plástica que estava grudada na madeira e isso foi feito da maneira mais tradicional: espátula, força e paciência. Acredito que esta janela tenha mais de 50 anos de existência e parte da massa dos vidros saiu fácil porque estava ressecada, mas a outra parte me deu muito trabalho. Depois da fase de retirada dos vidros, passei várias demãos de removedor e lixei, lixei, lixei... até sair todo aquele verde que estava impregnado na madeira (tinta esmalte). Em seguida, comecei a fase da seladora, várias demãos do produto para chegar ao resultado que você vê. Por último, encerei e lustrei. Os procedimentos finais com a seladora e cera eu citei aqui e aqui e foram aprendidos com a Sandra Guadagnin, do blog Madeira em Forma.
Pronto! Cheguei ao resultado que queria, mas e agora, o que fazer, colocar espelho, tecido, deixar sem nada, só os vãos pra servir de moldura para vasos de flor, colocar uma fotografia grande ou várias pequenas, fazer um mural de recados???
Ideia e inspiração na internet eu achei de monte, olhe só:
(as fotografias são do google, caso alguma seja de sua autoria pode me pedir para retirar do blog, sem problema)


 Confesso que este modelo com vitral balançou meu coração, mas meus móveis já são muito coloridos, por isso, precisava de algo mais neutro.

 Aqui, é um modelo com espelho.

 Modelo vazado com vasinhos pendurados na própria janela e luminária.

 Neste modelo, manteve-se alguns vidros.
 Mais um modelo vazado, agora com vasos na parede.

 Neste modelo, há várias ideias: mural de fotos, recados, tecido e espelho.

 Aqui usou-se tecidos ou papel para scrap e puxadores para servirem de ganchinhos.

 Mural com várias fotos.

Ou uma única foto.

Eu falei que tinha bastante inspiração...
Por fim, mandei por espelho, que me custou R$ 75,00. Fixei o gancho e pronto, foi pra parede sobre o aparador da área de lazer.
Eu amei e você?







Latas recicladas parte 2


Ainda com a ideia de reaproveitamento de latas, transformei duas latas de leite em pó em latinhas porta trecos. Usando da mesma técnica que usei na latinha de molho de tomate, citada no post anterior, ou seja, duas demãos de primer para metais, demãos de tinta PVA, decoupagem com papel vintage e verniz à base de água.
 

Gosto de usar estas latas para presentear, sempre coloco alguma coisa dentro e nestas latas pensei em colocar sabonetes ou hidratante para mãos, o que vocês acham???

Lata reciclada

Dia desses, ao abrir uma lata de tomates pelados e perceber que a lata era toda branquinha por dentro, não hesitei em guardá-la para reutilizá-la mais tarde. Acabei usando a lata por muito tempo como um "porta-pincéis" e só na semana passada consegui deixar a "latinha de tomates" com outra cara.



 Passei duas demãos de primer e depois mais três mãos de tinta pva na cor rosa. Fiz decoupagem com guardanapo de papel e, por fim, envernizei com veniz à base de água.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Visualizações

Arquivo

Categorias